ASTRÓLOGO

Comecei a estudar astrologia em 1976, quando morava em Londres, e durante dez anos me dediquei ao estudo astrológico, antes de começar a trabalhar como astrólogo em 1987, quando me desliguei da gravadora multinacional onde atuava como diretor de repertório.

A partir daí, me envolvi profundamente no meio astrológico e participei de todos os congressos e encontros sobre o tema. Fui um dos fundadores do SINARJ (Sindicato dos Astrólogos do Rio de Janeiro), fiz parte da primeira diretoria da instituição e, alguns anos depois, também participei da fundação e da primeira diretoria da Central Nacional de Astrologia (CNA).

quasetudo_edited_edited.jpg

Nesses mais de 30 anos, já realizei mais de 10.000 consultas e tive o privilégio de contar com clientes e amigos como a jornalista Danuza Leão (que menciona a primeira consulta astrológica que teve comigo em seu livro autobiográfico Quase tudo) o teólogo Leonardo Boff e o físico e escritor francês Patrick Drouot, dentre outros.

Atualmente sigo realizando consultas astrológicas e, além de oferecer supervisão e mentoria para astrólogos e astrólogas iniciantes, também faço palestras sobre astrologia e espiritualidade por todo o Brasil.

ESCRITOR

Meu envolvimento profissional com a literatura começou há décadas, quando recomendei a meu amigo e editor Jorge Carneiro a publicação de uma biografia romanceada do famoso astrólogo medieval Nostradamus, escrita pela mundialmente reconhecida astróloga anglo-americana Liz Greene. Fiz a tradução do livro e, posteriormente, tive o privilégio de verter obras como "Vazio Luminoso", de Francesca Fremantle, além de ter sido o responsável pela edição final da versão brasileira do best-seller mundial “O Poder do Agora”, de Eckhart Tolle.

nostradamus.jpg

Em 1995 fui convidado a assumir a chefia da Editora Nova Era, selo do Grupo Editorial Record voltado para assuntos de espiritualidade. Lá, como editor, conheci muitos autores nacionais e internacionais, dentre eles o físico e espiritualista francês Patrick Drouot, a quem eu acompanhava em suas turnês literárias brasileiras. Patrick, ao ouvir minhas histórias sobre os muitos médiuns e paranormais que eu havia conhecido ao longo da vida, sugeriu que eu escrevesse um livro sobre o tema.

Assim surgiu meu primeiro livro, “Encontros com médiuns notáveis”, onde relato as histórias quase inacreditáveis que testemunhei ao longo de uma vida de convivência com diversos paranormais. Depois, escrevi "O Deus de cada um", mostrando como a vida de pessoas comuns foi transformada pela sua relação com a vertente espiritual que escolheram.

encontros.png
astrologia pressa.png

Em seguida tive o privilégio de ser convidado para mediar o diálogo entre os grandes Frei Betto e Marcelo Gleiser que resultou no livro "Conversa sobre a fé e ciência". Por fim, em meu livro mais recente, "A História da Astrologia Para Quem Tem Pressa", eu explico de forma simples os principais elementos e conceitos dessa ferramenta tão preciosa e mal-compreendida que é astrologia.